O exercício é o melhor Dieta Low Carb

Perder peso é algo que tende a ser complementado por pílulas, vitaminas, bebidas e / ou “alimentos Dieta Low Carb”, entretanto, a verdadeira Dieta Low Carb é feita por meio de exercícios consistentes. É claro que Dieta Low Carb desempenha um papel importante na Dieta Low Carb, mas é apenas metade da equação.

O exercício envolve uma quantidade inumerável de estratégias, no entanto, as atividades que cada indivíduo gosta tendem a ser as mais bem-sucedidas. Além disso, os exercícios podem variar de movimentos simples antes de dormir à realização de triatlos; portanto, as possibilidades são respectivamente infinitas.

A sociedade pode desempenhar um grande papel na falta de exercício, no entanto, se você olhar para trás no tempo, para nossos ancestrais, que eram, em última instância, caçadores-coletores, o exercício não era considerado mais uma tarefa que eles tinham que fazer em um dia; era apenas uma ocorrência natural para sobreviver. Como nossos corpos foram pré-determinados a precisar de atividade física para viver de maneira saudável, esse componente vital do exercício parece ser deixado de lado conforme o estilo de vida da raça humana é modificado para um dia de trabalho sedentário de 8 horas. Portanto, o exercício leva à Dieta Low Carb, mas como?

Existem inúmeras pesquisas que descrevem os benefícios dos exercícios, nos quais todos desempenham algum tipo de papel no mais aparentemente gratificante: Dieta Low Carb. Quando alguém começa a se exercitar, não apenas as células de gordura são queimadas para gerar energia, mas também o corpo começa a desenvolver resistência e força muscular para acomodar a mudança no estilo de vida. O corpo humano é incrível e começará a se adaptar a quase qualquer alteração em seu caminho. Ele não sabe exatamente o que você está fazendo, mas quando você se exercita, sabe que os músculos precisam de oxigênio, por isso aumenta sua frequência respiratória e cardíaca para levar oxigênio e levá-lo a esses músculos.

Com o tempo e a frequência, o corpo se adapta a exercícios regulares, que incluem tecidos musculares desenvolvidos que queimam mais calorias do que tecidos adiposos. Além disso, o metabolismo do corpo, ou taxa de gasto calórico, aumentará, queimando mais calorias do que um indivíduo com menos composição muscular. Em suma, uma pessoa que se exercita regularmente continuará a queimar mais calorias, mesmo durante os períodos de inatividade, do que os sedentários.

O exercício não é algo que deva ser utilizado por quem procura um emagrecimento rápido e drástico, mas sim uma opção para quem se empenha e é sério em perder e manter o peso. Além disso, o exercício saudável, conforme descrito pelo Departamento de Saúde dos Estados Unidos, dura no mínimo 20 minutos, 3 dias por semana, com uma meta de freqüência cardíaca de 65% -85% da freqüência cardíaca máxima.

A frequência cardíaca máxima pode ser determinada subtraindo sua idade de 220. Em seguida, para encontrar sua frequência cardíaca alvo, multiplique esse número por 0,75 (para 75%, que está entre 65% e 85%). Manter essa freqüência cardíaca por um mínimo de 20 minutos será eficaz na queima de gordura.

Obviamente, antes de iniciar qualquer programa de exercícios, consultar seu médico é o primeiro passo. Além disso, trabalhar com um especialista em exercícios o ajudará a começar no caminho certo.

If you loved this post and you would want to receive more information relating to torta de repolho com sardinha low carb generously visit our page.

Leave a Reply

Your email address will not be published.